BUSQUE O ALTO!
ANJO BARRO
ANTÔNIO JO BARBOSA RODRIGUES
Eu tirei esta foto no estacionamento do Barra Shopping. Não me perguntem como esta árvore cresceu torta assim. Na época, achei curiosa e resolvi registrar. Agora, coloquei-a como "símbolo" neste blog pelo que ela representa para mim.
Provavelmente, esta árvore passou por dificuldades para crescer neste "caminho torto", mas ela sobreviveu e continua a buscar sempre o alto. Vejo que somos assim também: Nem sempre conseguimos andar pelo caminho reto rumo ao alto, pois somos seres humanos, cheios de incoerências e limites, mas Deus vê a nossa luta em chegar ao alto. Isto é a santidade: não desistir de chegar ao céu. Neste caminho, às vezes caímos, trilhamos caminhos "tortos", mas se nos levantamos e não desistimos de alinhar de novo, estamos rumo ao alto.
Este site tem como objetivo crescermos juntos e, sem suas opiniões e comentários, isto não será possível! Portanto, leia os tópicos, participe comentando!

Nosso trato neste "blog de crescimento" é o seguinte: Me reservo apenas no direito de apagar os comentários que eu considerar ofensivos, contrários à lei e/ou que usarem expressões ou palavras de baixo calão. Trato feito, vamos em frente... ou melhor, para o alto!!!

domingo, 6 de dezembro de 2009

Carregador de Bateria 12v Automotiva

Este carregador foi, na realidade, uma improvisação que precisei fazer em determinado momento. Entretanto, como funcionou perfeitamente, acabei montando a "geringonça" de forma "definitiva". Partilho a experiência para quem passar por uma emergência similar.

Componentes para as versões de 110v e de 220v:

- Lâmpadas L1 e L2
Com alimentação 110v - Utilizar 2 lâmpadas de 60w ou 1 lâmpada de 100w (para tensão de 110v). O receptáculo que não for usado ficará vazio, sem problemas.
Com alimentação 220v - L1 e L2 - Utilizar 2 lâmpadas de 100w (para tensão de 220v).

- Diodos D1, D2, D3 e D4
É necessário usar diodos para mais de 400v de tensão reversa* e para 2A de corrente média direta ou mais. Eu, particularmente, usei 2 diodos 1N4004 em paralelo para cada posição (total de 8 diodos) porque era o que eu tinha na mão, mas poderia usar, por exemplo diodos 1N5454, que aguentam 3A.
* Poderia usar diodos para tensão reversa de 200v no caso de alimentação 110v, mas como o preço é o mesmo, acho que vale a pena deixar esta parte "fixa" preparada para ambas as tensões.

Dicas de uso seguro:

0) Os passos 1 e 2 devem ser feitos com o circuito DESCONECTADO da tomada.
1) Para carregar a bateria, desconectar seus bornes completamente do automóvel. Ela pode até ficar dentro do carro, mas eletricamente desconectada.
2) Ligar os bornes da bateria ao carregador, nos pontos indicados por (+) e (-) no circuito acima. Podem ser utilizadas, inclusive, garras jacaré para facilitar.
3) Conectar o carregador na tomada elétrica, mas é IMPORTANTE NÃO ENCOSTAR A MÃO em nenhuma parte metálica do circuito ou nos bornes da bateria após ligar a tomada.
4) O circuito foi pensado para aproximadamente 1A de corrente de carga média. Assim, para pensar no tempo máximo que se deve deixar carregando, divida a capacidade da bateria pela corrente média. Por exemplo, uma bateria de 55Ah precisaria de 55h para ser completamente carregada. Entretanto, não é necessário carregá-la completamente. Apenas o suficiente para conseguir ligar o motor, já que o alternador se encarregará do resto. No meu caso, de 8 a 12h normalmente foi suficiente.
5) Ao término do tempo, desconectar primeiramente a tomada e depois a bateria. Refaça as conexões normais do carro e dê a partida no motor. Acelere um bom tempo para dar uma carga boa e ande com o carro por uns 10 a 15 min.

Aos projetistas de plantão, podem recalcular os componentes (lâmpadas e diodos) para uma corrente maior de carga, sem problemas. Entretanto, o ideal para uma carga lenta (que não estraga a bateria com o tempo) é usar no máximo 10% da capacidade da bateria. No exemplo de 55Ah, não usar mais de 5,5A.
Lembre também que quanto maior a potência das lâmpadas, mais energia você gastará e pagará. Pode considerar o gasto normal das lâmpadas para estimar o gasto.

APENAS PARA AVISAR: NÃO ME RESPONSABILIZO POR EVENTUAIS PROBLEMAS OCORRIDOS COM O CIRCUITO. APENAS PARTILHO MINHA EXPERIÊNCIA COM MONTAGENS QUE DERAM CERTO COMIGO, SEGUNDO AS PRECAUÇÕES QUE LISTO NA POSTAGEM.

10 comentários:

  1. CARA ISSO FUNCIONA MESMO , SEM PROBLEMAS DE CURTO CIRCUITO OU DE PEGAR FOGO NA CASA OU NO CARRO , OLHA LÁ ESTOU CONFIADO NESTE POST HEIN

    ResponderExcluir
  2. SE AS INDICAÇÕES DE USO SEGURO QUE COLOQUEI NO POST FOREM SEGUIDAS, O CARRO ESTARÁ DESCONECTADO DO CONJUNTO BATERIAS/CARREGADOR. LOGO, NÃO HÁ PERIGO. A ÚLTIMA COISA A SER CONECTADA E A PRIMEIRA A SER DESCONECTADA APÓS A CARGA É A TOMADA.
    DE QUALQUER FORMA, NÃO POSSO ME RESPONSABILIZAR POR EVENTUAIS PROBLEMAS QUE POSSAM ACONTECER.
    O QUE DIGO SEM MEDO É QUE EU FIZ E USEI SEM PROBLEMAS.

    ResponderExcluir
  3. algo deu errado, os diodos do poro negativo queimou num breve estouro(liguei e estourou)
    segui as instruções corretamente(imprimi tudo antes)o que pode ter saido errado?
    sera que os diodos eram velos demais?(retirei de uma placa velha)

    ResponderExcluir
  4. Olá Jarbas.

    Bom, alguns pontos a serem verificados:

    1- As interligações em si - verificar se não houve nenhum erro de interligação entre os componentes.
    2- A correta ligação na bateria (sem inverter os polos).
    3- A correta polarização dos diodos - por serem componentes "polarizados", não podem ser ligados de forma invertida.
    4- Usar componentes de uma placa velha não é o ideal, mas eu mesmo já fiz e faço muito isso em algumas emergências. Porém, o ideal é testar antes os mesmos. Neste caso, é importante testar os diodos com um multímetro (condução direta e "não condução" reversa). Mas os diodos são baratinhos. Se tiver oportunidade de comprar novos, é melhor.
    5- A recomendação de desligar os conectores da bateria completamente do carro é muito importante, pois o chassi do carro (por exemplo) é um terminal comum para todos os circuitos internos do carro.
    6- Os devidos cuidados para que nenhuma parte do circuito encoste no chassi do carro.

    Algumas considerações também para te ajudar a ver o que ocorreu:
    1- O estouro aconteceu já na hora de ligar o circuito na bateria ou somente quando você ligou na tomada? Ou algum tempo depois e não na hora de ligar?
    2- A lâmpada chegou a acender?

    Espero ter ajudado, um abraço!

    ResponderExcluir
  5. a bateria estava fora do veicolo,tirei do lugar e coloquei na bancada
    quando liguei na tomada é que estourou,o intereçante é que foi o lado negativo do diodo
    fiz outro com componentes novos e depois de +- duas horas esquentou demais e queimou os diodos,então usei diodos de maior amperagem e deu serto,so que aqueceu os diodos mas não queimou
    é normau os diodos aquecerem?..pois conferi tudo detalhadamente antes de ligar
    achei que aqueceram muito e por segurança,adaptei um coler de computador para resfriar,ate agora ainda não deu problema carreguei a bateria normal,uzei uma lampada de 100v e carregou com 24hs,se eu colocar duas lampadas de 100v carrega mais rapido? ou não tem nada a ver?

    ResponderExcluir
  6. Jarbas,
    Olha, com 1 lâmpada de 100 Watts, a utilização de diodos para 1 Ampère (por exemplo) ficaria muito em cima do limite, o que poderia causar queima. Por isso, sugeri os diodos de 2 ou mais Ampères que não queimariam de forma alguma com a lâmpada de 100 watts.

    Quanto a aquecimento, não percebi nada tão forte como você narrou. Nunca precisei usar com uma ventilação. Você mencionou que são diodos para maior amperagem - quantos Ampères? Caso não saiba exatamente, se você tiver o código jogue no Google que é possível que você ache as características dele.

    Por fim, quanto ao tempo de carga, o cálculo é como eu mencionei na postagem:
    Portanto, se você colocar 2 lâmpadas de 100 watts, você conseguirá carregar na metade do tempo, já que a corrente será por volta de 2 Ampères (o dobro). Entretanto, os diodos terão também que aguentar o dobro da corrente e esquentarão mais também.
    Isto valeria também para quantas lâmpadas você quiser, mas não é bom que a carga fique tão rápida que ocorra completamente em menos de 10h (considerada carga lenta). As cargas rápidas diminuem o tempo de vida útil das baterias.

    ResponderExcluir
  7. no anterior,usei diodos 1n4004,so que lendo mais atentamente,você usou 8 diodos e eu 4,por isso queimou
    dai comprei o 1n5454 e usei 4 e não queimou , percebi que este ultimo tem amperagem maior e aguenta mais carga eletrica que o outro, e quanto ao aquecimento,só usei a ventilação por garantia ,mas não precisa mesmo não.
    percebi, também,que a lampada faz o trabalho de um resistor,estou serto? se estou, então,quanto mais fraco for a lampada mais lento a carga,e quanto mais forte mais rapido carrega,serto?
    foi bom saber que carga rapida estraga a bateria,so vou carregara lento a partir de agora
    te agrdeço muito pela dica e pelo post,quebrou um galhão.vlw....

    ResponderExcluir
  8. Valeu Jarbas! Agora entendi porque os primeiros queimaram, é isso aí!

    Realmente a lâmpada faz o papel de resistor e você está certo: quanto mais forte a lâmpada, mais potência ela consome e mais corrente passa por ela, que é basicamente a mesma corrente que passa para a bateria (carga mais rápida) - a única diferença é que na lâmpada a corrente é alternada e na bateria já é retificada.

    Quando eu tiver tempo tentarei preparar mais postagens de montagens que fiz e funcionaram.
    Um abraço!!

    ResponderExcluir
  9. boa tarde Antônio, gostaria de saber se posso usar o circuito acima, p/ carregar bateria 12Vdc/9Ah? preciso montar um circuito que carregue este tipo de Bateria sera que poderia me ajudar? obrigado e aguardo contato...

    ResponderExcluir

Comente e agregue conhecimento. Cresçamos juntos!!